Educação

Servidoras da EMEI Dionéia Soares fazem manifestação nesta quarta-feira, 14

Reivindicação é por mais recursos humanos. Secretário de Educação pediu “voto de confiança” para solucionar o problema

Por Eduardo Schneider
14/02/2018 16:10
 

Manifestação realizada nesta quarta-feira, 14, na EMEI Dionéia Soares (Foto: Eduardo Schneider/Farrapo)

A quarta-feira de cinzas foi marcada por manifestação na Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Dionéia Soares. O objetivo foi reivindicar mais servidores para a EMEI.

De acordo com as manifestantes, atualmente a creche tem nove servidoras, entre cuidadoras, serviços gerais e cozinheira. O número é muito baixo, tendo em vista que a EMEI atende atualmente cerca de 150 crianças, principalmente dos bairros Sul, Promorar, Pereirinha e Coxilha São José.

“Tem dias que a média é de uma cuidadora para 20 crianças, durante manhã e tarde”, disse uma servidora.

Ainda durante a tarde, o secretário de Educação Aristides Costa, esteve na EMEI Dionéia Soares onde se reuniu com as servidoras. Disse que assumiu a secretaria há pouco tempo, pediu “um voto de confiança” e que vai buscar uma solução. Uma das possibilidades seria a designação de duas estagiárias para a creche, mas não definiu prazo.


Reivindicação antiga


As servidoras da EMEI Dionea Soares contaram que a reivindicação por recursos humanos não é de hoje.

O assunto vem sendo tratado publicamente desde abril de 2017, quando houve reunião com a Comissão de Educação da Câmara de Vereadores.

Quanto às questões estruturais, de material e merenda escolar, as condições estão boas, afirmaram as servidoras.  


Por Eduardo Schneider

Farrapo