CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS
  Gente

Caçapavano fala sobre pesquisa na área de fisioterapia e sonho em atuar em clube de futebol no exterior

Por Eduardo Schneider
08/08/2018 16:21
 

Julio Zago em visita ao Estádio Monumental de Nuñes, na Argentina (Foto: Reprodução)

Crescer na vida acadêmica e atuar em um clube de futebol no exterior. Estes são os objetivos do fisioterapeuta Julio Zago, que é professor no Centro Universitário Euro Americano, em Brasília.

Atualmente, Zago realiza doutorado na Universidade de Brasília onde desenvolve pesquisas sobre a fisioterapia desportiva. Como parte da pesquisa, ele já fez diversas visitas técnicas aos profissionais de fisioterapia em clubes como River Plate (Argentina), San Lorenzo (Argentina) e Internacional, de Porto Alegre. Ainda existe contato com o fisioterapeuta do Porto (Portugal) e com um dos fisioterapeutas do Barcelona (Espanha).

O objetivo destas visitas foi buscar informações sobre a atuação destes profissionais na reabilitação de atletas de futebol de alto nível, principalmente de lesões de joelho em jogadores de futebol.

Conforme Zago, a trajetória até Brasília onde reside atualmente, começou em 2004, quando saiu de Caçapava para estudar em Bagé: “Iniciei o curso de fisioterapia na Urcamp e de lá iniciei minha trajetória na fisioterapia desportiva realizando estágios em diversos clubes locais como o Guarany de Bagé e o Grêmio Bagé”.

Depois do estágio, veio o mestrado e doutorado: “Em 2006, iniciei estágio no Internacional, onde permaneci por três anos e meio. Paralelo a isto, ingressei em curso de especialização, mestrado e doutorado, além de atuar em consultório em Porto Alegre, onde residi por nove anos”.

Hoje, concilia as atividades profissionais, mas sempre que pode, volta a Caçapava: “Atualmente divido minha vida profissional como docente e também com o doutorado. Minha família ainda reside em Caçapava, assim como alguns amigos, por isso, sempre que possível vou visitá-los”.


Por Eduardo Schneider

Farrapo