Política

Futuro do edital anunciado por Alvim será decidido por novo secretário

Edital do Prêmio Nacional das Artes havia sido anunciado em vídeo associado ao nazismo

22/01/2020 15:34
 

Foto: Reprodução

O edital do Prêmio Nacional das Artes, estipulado em R$ 20 milhões, está suspenso por ordem do governo federal. A suspensão foi confirmada pela assessoria de imprensa da secretaria. O argumento é de que o edital não chegou a ser publicado no Diário Oficial da União e que “caberá ao novo secretário reavaliar a continuidade do Prêmio”. Uma das pessoas mais cogitadas pelo governo para assumir o cargo é a atriz global Regina Duarte.

O Prêmio Nacional das Artes havia sido anunciado Roberto Alvim em um vídeo polêmico. Durante o anúncio, Alvim utilizou um trecho semelhante ao discurso utilizado por Joseph Goebbels, que era ministro de Hitler na Alemanha nazista. Alvim também utilizou como trilha sonora de fundo, uma música de Wagner que era preferido do ditador alemão.

Com a repercussão na mídia nacional e internacional, Alvim foi demitido na última sexta-feira, 17. Nesta semana, a Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão, do Ministério Público Federal, encaminhou à Procuradoria-Geral da República recomendação para anulação de todos os atos de Alvim.

Farrapo




Topo