Opinião - Novo colunista

Saiba mais sobre Ronan Mairesse, especialista em gestão de pessoas

26/02/2020 14:16
 

Quarta-feira de cinzas tem estreia de colunista na Farrapo Comunicação. O espaço de Opinião passa a contar com Ronan Mairesse, que é especialista em liderança, gestão de pessoas e inteligência emocional.

No histórico de Maresse, constam diversas palestras no Brasil e exterior. O profissional já trabalhou com diversas marcas, entre elas, SygoTelecom, Bayer e Bauducco. No esporte, além de inúmeros atletas de renome nacional e internacional, já colaborou com a Seleção Brasileira Feminina de Futebol e a dupla grenal.

Ficou curioso? Então confira abaixo o primeiro artigo de Ronan Mairesse na Farrapo.


Empresa Emocional

O contágio emocional é mais real do que você imagina

Todas as empresas têm uma cultura emocional, mesmo que seja de repressão, mas infelizmente a maioria dos líderes não dão importância a isso. A maneira como as pessoas pensam e se sentem influencia diretamente na produtividade.

São as emoções que movem as pessoas, portanto é dever do líder perceber e criar estratégias para mudar o clima organizacional. Uma pena que muitas empresas achem que a equipe dará o melhor de si apenas por dinheiro. É preciso muito mais do que isso para ter as pessoas engajadas na busca dos resultados.

Engajamento com estresse não existe. Com medo, tensão e ansiedade, as pessoas não conseguem pensar direito e acabam tomando decisões muitas vezes por impulso ou por medo. Sem contar que o estado emocional das pessoas mais influentes da equipe pode ser transmitido para os seus pares. Falando do líder, então, o contágio atinge toda a cadeia hierárquica.

Líderes de empresas campeãs sabem disso, e procuram ter um cuidado maior com seu ânimo para não influenciar de maneira negativa as pessoas a sua volta, pois sabem que o seu comportamento tem um impacto brutal nos outros. Seus gestos, o tom de voz e a fisionomia do rosto ditam a cultura emocional da empresa.

Ações estratégicas são essenciais para as pessoas sentirem-se melhor no desempenho das atividades. Vou listar algumas ações que você pode fazer na sua empresa para dar início a uma cultura emocional mais positiva:

1) Estimule o companheirismo: uma equipe forte não acusa, não critica e não condena, pois a base do trabalho em equipe é a confiança uns nos outros. Tal confiança pode ser estimulada criando dinâmicas onde as pessoas possam se conhecer. Uma dinâmica que uso muito é “conte a sua história”. Quando as pessoas falam sobre suas “lutas” e adversidades superadas, aumentam a admiração e o reconhecimento mútuo.

2) Seja o exemplo da emoção que você deseja dentro da empresa: chegue na empresa com energia. Treine os líderes para espalharem o entusiasmo já de manhã cedo. Todas as pessoas dentro da empresa têm o dever de espalhar emoções positivas. Pesquisas mostram que as pessoas copiam o ânimo umas das outras, mesmo que estejam fingindo no primeiro momento.

3) Diminua a toxicidade: defina um tempo para ouvir a equipe. Permita os desabafos, segure o seu ego e a necessidade de estar certo. Faça com que este momento seja de reflexões construtivas e que as pessoas não sintam medo de ser punidas por colocar seus pontos de vista. Apenas tenha cuidado para manter o foco para que este momento seja construtivo, levando a soluções e não reclamações exageradas.

Essas são três ações que podem ajudar muito você a mudar as energias que influenciam os pensamentos e as emoções das pessoas dentro da sua empresa e assim melhorar o desempenho e a entrega dos funcionários.

Por Ronan Mairesse

Farrapo




Topo