Caçapava do Sul

Caçapava registra 220 milímetros de chuva em três dias

23/05/2020 20:25
 

Foto: Aparício Félix ( Barragem acabou enchendo após a chuva e a água se torna visível nos pontos que já receberam a limpeza)

No início da tarde deste sábado (23) os pluviômetros da Companhia Rio Grandense de Saneamento (Corsan), de Caçapava do Sul, marcavam 220 milímetros de chuva, acumulando os volumes de quinta, sexta-feira e sábado.

A chuva acabou amenizando os efeitos da estiagem, tanto no interior, quanto na cidade. O acumulado de três dias encheu a barragem da fonte do mato, a principal capitação de água para abastecer a cidade. Por outro lado, as obras de limpeza e aprofundamento do local vão sofrer atraso.

Antes da chuva, a empresa responsável pelas melhorias na barragem e pela triplicação da sua capacidade já tinha feito a limpeza de uma grande parte do reservatório e também do miolo, que concentra a parte mais funda. Neste ponto a empresa aprofundou a barragem em quase 6 metros e retirou o material orgânico.

Na parte que já foi feita a limpeza é visível a mudança e a imagem mostra bem a diferença entre o antes e o depois. A foto da matéria foi tirada pelo Caçapavano Aparício Félix, que comparou a barragem seca no início do mês e agora depois desta chuva.

A empresa pretende reiniciar as obras quando o tempo melhorar começando pelas partes onde a profundidade é pequena. Na sequência, a própria Corsan concentrará todo o abastecimento na barragem da fonte do mato para baixar o nível e as máquinas terem acesso a todo o reservatório. Neste período, a barragem do salso fica como reserva.

A chuva de aproximadamente 220 milímetros foi na cidade, já no interior do município o volume pluviométrico varia por região.

As duas fotos da matéria, que mostram o antes e o depois, foram publicadas nas redes sociais.


Foto: Aparício Félix ( Barragem no início do mês estava seca e suja.



Topo